Aprender um segundo idioma é essencial para crescer profissionalmente

Aprender um segundo idioma tornou-se um desafio para os profissionais conquistarem boas qualificações no mercado de trabalho. Espanhol, Francês e até o Mandarim são cada vez mais requisitados em processos seletivos para cargos gerenciais.

De acordo com uma pesquisa realizada com 130 organizações, 70% das empresas requerem profissionais para o cargo de analista com fluência em outro idioma. No entanto, a Ho Mien Mien, professora taiwanesa na Outliers Professional Language School, explica que, mesmo com essa exigência, é comum encontrar erros de inglês cometidos em uma negociação, na elaboração de um relatório ou até em um simples e-mail.

“É comum às pessoas falarem que tem fluência no inglês, porém engasgam quando precisam usá-lo em situações profissionais que exigem os termos específicos da sua área de atuação”.

Segundo a professora,  muitos profissionais confundem e fazem uso de falsos cognatos. Por exemplo, ‘We may loose customers if we increase the prices’.

O erro está em usar ‘loose’, que significa soltar e afrouxar, no lugar de ‘lose’, que é perder. Traduzindo fica: ‘Nós podemos afrouxar o cliente se aumentarmos os preços’.

Na fala as pessoas podem até entender, mas na escrita, a frase pode gerar confusão. Além disso, não é adequado escrever errado dentro de um ambiente profissional.

o-WOMEN-BUSINESS-facebook

Sendo assim, dominar um segundo idioma é tão importante quanto aprendê-lo. Com o aperfeiçoamento frequente do idioma, é possível minimizar falhas nos diálogos e até conquistar novos negócios na empresa.

Nélio Georgini, diretor do Curso de idiomas ER, personalizado para profissionais e executivos, relata que é interessante aproveitar o cenário internacional para aprimorar um idioma.

“No contexto atual, todos devem ter habilidades para se expressar em língua inglesa tanto em cargos operacionais quanto em cargos gerenciais, já que o Brasil está muito bem cotado no cenário internacional”.

Fonte: Administradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *