Arquivos da categoria: Curiosidades linguísticas

5 idiomas mais legais do cinema, da literatura e dos games

Élfico Dependendo da região que vivem, o idioma dos elfos possui diversas variações e é isso que torna O Senhor dos Anéis tão fantástico. Por ser um estudante de linguística, J. R. R. Tolkien descreveu as raças criadas com um grau muito elevado de detalhes. Quenya, a língua dos elfos nobres, é a mais fácil de se aprender, sendo baseada no finlandês. Já o sindarin é outro dialeto baseado no galês Ewokês Que Star Wars é um poço infinito de raças aliens, todos já sabem. Mas os simpáticos ewoks, com seus gritinhos estridentes, entraram na memória de muito fã da saga. O mais divertido é que o idioma pode ser aprendido por qualquer um! Existem na internet vários dicionários ewok, para que você aprenda a conversar continue lendo...

Os segredos de quem fala dezenas de idiomas

Em uma tarde ensolarada em Berlim, Tim Keeley e Daniel Krasa conversam sem parar. Começam em alemão, mas logo passam ao hindi, ao nepalês, ao polonês, ao croata, ao mandarim e ao tailandês. O papo flui como se não houvesse barreiras entre as línguas. Juntos, os dois são capazes de falar mais de 20 idiomas. Continue lendo a matéria da BBC sobre  "Os segredos de quem fala dezenas de idiomas": No mesmo endereço, encontro outros indivíduos como eles. Alguns se reúnem em grupos de três e parecem brincar de interpretar duas línguas ao mesmo tempo. Para mim, tudo isso seria a receita para uma bela dor de cabeça, mas para eles, a situação é bastante comum: estamos todos em Berlim para o Polyglot Gathering, um encontro de continue lendo...

Você sabe qual o idioma mais difícil de aprender?

  Segundo o maior inventário de línguas do mundo, o Ethnologue, existem 6.912 idiomas catalogados no planeta e ainda mais de 300 não catalogados. Mas de todas essas línguas, que compilam idiomas indígenas e de outros povoados isolados, qual será a mais difícil de aprender? O critério de dificuldade vai de acordo com a distância de parentesco das línguas. Por isso os brasileiros tem mais facilidade com o espanhol, por exemplo. Mas além disso, o alfabeto e a pronúncia (o som que se emite ao dizer as palavras) contam muito. Por isso, dentre os dialetos comumente conhecidos, o idioma vencedor como o mais difícil de se aprender, é o árabe! Junto dele, temos o mandarim, o japonês e o vietnamita. De curiosidade, existe continue lendo...

Curiosidades Linguísticas: “Café Expresso”

Poucos sabem, mas o famoso “café expresso” ou “caffè espresso” tem origem italiana.

Espresso Maker

O termo Espresso, em italiano, significa “retirado sob pressão”. Em português, o termo “expresso” significa rapidez.
O café expresso foi criado com o intuito de fazer um café  mais rápido e concentrado. Na preparação, usa-se café torrado e moído e água, e leva apenas 20 segundos para ficar pronto.

Curiosidades linguísticas: “Blues”

Blues é um estilo musical que se espalhou no sul dos Estados Unidos pelos escravos africanos. O termo não tem nada a ver com a cor, até porque como é adjetivo, não tem plural.

blues

Blues, em inglês, significa um sentimento de infelicidade, muito presente nas canções que falam de tempos difíceis, amores perdidos, da crueldade dos policiais, da opressão pelos brancos, etc.

Para intensificar esse sentimento de tristeza, as notas são tocadas abaixo do tom normal, são as “blue notes”.

Curiosidades linguísticas: “Etiqueta”

Étiquette é o pedaço de papel que fica fixado nas embalagens dos produtos. A origem da palavra é francesa. Na indústria têxtil, a partir do século XIX, o papel começou a ser usado também nas peças de roupa, com o objetivo de identificar o fabricante.

Étiquette

Além disso, “etiqueta” significa boas maneiras. De acordo com o professor Cláudio Moreno, nas festas, era entregue a burguesia francesa um bilhete – uma étiquette – que indicava qual conduta seria adequada para a ocasião.

Curiosidades linguísticas: “Chopp” ou o dicionarizado “Chope”

Os amantes de cerveja sabem que no Brasil o chope é uma cerveja com ou sem pasteurização, servida a partir de barris sob pressão. Mas e o real significado da palavra "chopp", você sabem? "Chopp" vem do alemão "schoppen", que é simplesmente uma unidade de medida. Ela pode variar de acordo com a região, mas em geral "schoppen" corresponde a meio litro. Na frase alemã "Ein Schoppen Bier", chope está no termo "Bier" e não no "Schoppen". Como pedir um chope em...? Quer conhecer outras formas de pedir um chope? Confira então a lista abaixo: Inglês - “One light beer, please” Espanhol - “Una caña, por favor” Italiano - “Una birra, per favore” Francês - “Une bière, s’il vous plait” Latim - continue lendo...

Curiosidades linguísticas: “Status quo”

Você sabe a origem da palavra “Status quo “?

estrada

Status quo é uma abreviação do termo em Latin “in statu quo res erant ante bellum”, que quer dizer “no estado em que as coisas estavam antes da guerra”.

Utiliza-se o Status quo para definir o estado das coisas ou situações. Por exemplo, “manter o status quo”, “defender o status quo” ou “mudar o status quo”. O seu uso é mais frequente em Portugal, França, Espanha e Itália.

Curiosidades linguísticas: “Tchau”

Você conhece o significado da palavra "Tchau"? "Tchau" a interjeição de despedida mais usada no Brasil, que significa “até logo”. A palavra tem origem no idioma italiano. O termo italiano “ciao”, cuja pronúncia é semelhante a “tchau”, começou a ser usada pelos brasileiros através dos imigrantes italianos. Na Itália, o "Ciao” é a forma reduzida da frase “Io sono suo schiavo”, que em Português significa literalmente “Eu sou seu escravo”. A palavra “schiavo” (escravo, servo) soava como “chavo”, no dialeto veneziano durante a Idade Média, na hora de reverenciar, nos cumprimentos e despedidas. Com o tempo, a expressão se simplificou para "ciao" e expandiu para outras regiões da Itália, continue lendo...

Curiosidades linguísticas: “Paparazzi”

Você sabe o significado de “paparazzi”?

Filme A Doce Vida.

Filme A Doce Vida.

Paparazzi é um grupo de fotógrafos que perseguem as celebridades e esse apelido surgiu por causa do personagem Signore Paparazzo, do filme La Dolce Vita, de Federico Fellini.

A palavra paparazzo é decorrente de uma metáfora do escritor Ennio Flaiano, que compara a lente da câmera dos fotógrafos à abertura e fechamento das válvulas de moluscos, que são chamadas, no dialeto abruzzese, de “Paparazze”.