Como aprender a cantar em inglês sozinho

Como aprender a cantar em inglês sozinhoEsta é uma pergunta feita por diversos estudantes que, idolatrando dezenas de cantores estrangeiros, gostariam muito de poder acompanhar canções sem precisar da letra.

Como tudo nessa vida, é sim possível aprender a cantar em inglês sozinho. Porém você precisará de determinação e foco para alcançar esse objetivo.

Se você realmente está buscando informações sobre como aprender a cantar em inglês e gostaria muito de atingir esse feito, confira algumas dicas preparadas pela equipe da Ateneo Idiomas!

Comece devagar

Se você ainda não sabe nada de inglês, não adianta desesperar-se e achar que vai aprender a cantar em inglês de uma hora para outra.

Assim como qualquer outra habilidade, isso requer tempo e paciência.

Comece com uma música mais fácil, sem muitas palavras diferentes. Decore a primeira linha, depois o refrão, vá por partes…

As primeiras canções serão mais trabalhosas, depois seu cérebro começará a pegar o “fio da meada” e tudo ficará mais simples.

O que você encontrará neste post:

No começo, escolha músicas mais fáceis

Quando um estudante está começando a aprender a cantar em inglês, é recomendado que ele inicie a jornada por canções mais fáceis, pois isso fará com que os resultados venham mais rapidamente.

Engana-se quem pensa que “canções mais fáceis” sejam sinônimo de canções ruins ou desconhecidas.

“Let it Be” (Beatles), “We are the Champions” (Queen) e “Like Prayer” (Madonna) são apenas alguns exemplos de clássicos tranquilamente indicados para quem está começando a cantar em inglês.

Pratique todos os dias

Esta talvez seja a dica mais importante: a prática precisa ser diária!

Nem que seja 10 minutos ao dia, tente focar em uma canção e aprender ao menos uma parte dela.

Isso fará da prática um hábito.

Comemore

Conseguiu finalmente acompanhar uma música inteira junto com o seu cantor predileto? Sim, nós sabemos como a sensação é incrível!

Comemore muito, seu cérebro precisa entender que tanto sacrifício valeu a pena.

Restou alguma dúvida? Então deixe um comentário abaixo e ficaremos felizes em respondê-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *