Curso preparatório para entrevistas de emprego em espanhol

O espanhol é uma das línguas mais faladas no mundo corporativo, assim como o inglês, no entanto, algumas escolas brasileiras de ensino fundamental e médio não investem em aulas do idioma.

Aprender espanhol vai muito além de conseguir se expressar em outra língua. Com o idioma vem também um bom conhecimento da cultura latino-americana. O espanhol é tão importante que em algumas cidades dos Estados Unidos o tem como segundo idioma, já que é ensinado em escolas desde o pré e pela incidência de moradores estrangeiros oriundos de países como Porto Rico, Colômbia, México, entre outros.

Após o pretendente ter se candidatado a uma vaga, onde uma das exigências é ter um bom nível do idioma, ele é chamado para uma entrevista em espanhol.

Os desafios das entrevistas de emprego em espanhol

Os candidatos erram na hora de informar o verdadeiro nível de espanhol que possuem, principalmente pelo fato de não terem estudado a fundo o idioma e acham que poderão preencher a vaga apenas com o popular “portunhol”, que é uma mistura de português com espanhol muito usado por quem que não conseguem se expressar 100% em espanhol. Não é indicado tentar enganar o entrevistador, afinal, se ele o entrevistará ele terá que ter um bom nível do idioma e com certeza conseguirá identificar a falta de vocabulário por parte do candidato.

Outro desafio é manter a calma para responder as perguntas, muitas pessoas conseguem ler e entender muito bem o idioma, mas na hora de se expressar acabam “travando” e não conseguem transmitir o conhecimento que tem.

Saiba como um curso pode te ajudar

Para que haja segurança por parte do candidato na hora da entrevista em espanhol é indicado que ele busque por um curso que seja capaz de identificar o nível em que ele se encontra do idioma e trabalhar em cima do vocabulário aprendido e ensinando novas palavras. Aprender sozinho é bom, mas nada melhor que ter profissionais especializados que darão dicas de melhorias.

Dicas essenciais para a entrevista ser um sucesso

Sotaque

Nenhum entrevistador espera que o candidato no momento da entrevista em espanhol fale exatamente como um nativo. É necessário apenas para o bom entendimento e que o entrevistado saiba os diversos sons que a língua tem como o J que pode ter som de I ou de R e como aplicá-las em frases. O que estará sendo medido é o vocabulário e a capacidade de comunicação e não o sotaque.

Evite frases clichês

As frases clichês já são um problema nas entrevistas em português e em espanhol não seria diferente. O candidato que usa pode dar a impressão de ser preguiçoso e possuir um vocabulário limitado.

Treine: procurar pelas principais perguntas que são feitas em entrevistas e respondê-las em espanhol pode ajudar bastante, pois o candidato não será pego de surpresa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *