5 dicas para uma boa experiência no estágio no exterior

Um estágio no exterior oferece muitos benefícios para a vida profissional e pessoal dos alunos de graduação tais como:

experiência prática no CV; fluência no idioma; uma visão sobre as práticas de trabalho e negócios em outro país.

estagio no exterior

Para que essa experiência seja aproveitada ao máximo confira 5 dicas:

Verifique o nível de linguagem

O objetivo de um estágio no exterior não é substituir um curso de idiomas. É importante que o aluno tenha um nível intermediário da língua do país que pretende morar. Dependendo do estágio, o nível B2 é o mínimo necessário.

Os alunos, geralmente, fazem um curso de idioma antes de entrar no estágio para aprender ou aperfeiçoar habilidades linguísticas.

Tipos de experiência

Os tipos de experiência variam de acordo com o país. É essencial que os alunos entendam o que vão fazer. Estudantes mais jovens, a estadia é relativamente curta, cerca de 2 a 4 semanas. Para os estudantes universitários e formados, o estagio é mais longo, de 6 meses, pois eles tem mais o que oferecer ao local de trabalho.

“Jovens pré-universitários têm muito pouco a oferecer a uma empresa espanhola. As oportunidades são limitadas e frequentemente baseada em favores.” – Bob Burger, diretor de Marketing da Malaca Instituto

Seja realista

Muitas vezes os alunos escolhem estágios relacionados aos seus interesses de carreira, portanto, essa decisão deve ser flexível. De acordo com a Barbara Jasechke do GLS (Centro de línguas em Berlim), fazer um estágio no exterior não se trata de procurar um emprego, mas de praticar e melhorar as habilidades de um idioma em um contexto profissional real, além de aprender sobre a cultura empresarial do país.

Muitas vezes os alunos com curso superior se sentem subutilizados em estágios fora das suas profissões e ainda em um nível abaixo. Portanto, eles não podem se comunicar com clientes do mesmo nível profissional,não podem exercer o mesmo trabalho no exterior. Talvez, depois de algumas semanas imersos no vocabulário e ritmo da língua, os alunos podem receber tarefas mais complexas, mas isso dependerá do progresso do aluno.

Alinhamento

O contratante deve verificar de forma objetiva a formação do aluno, para evitar problemas e desilusões e, também,  alinhar as expectativas. O estágio deve informar de forma clara e precisa as informações, tarefas e responsabilidades aos alunos com antecedência.

Preparação

Quanto mais preparado o aluno está, maior será o benefício. O estágio deve incentivar o aluno a pesquisar sobre a empresa e a cultura do país anfitrião. Isso pode facilitar a integração do aluno com os demais funcionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *