Guia definitivo para o uso do B e V no espanhol

uso

Para os brasileiros que estão começando a se aventurar pela a língua espanhola, alguns sons podem confundir na hora da escrita, por serem idênticos na pronúncia. É o caso do B e V, que possuem exatamente o mesmo som. É como o S e o Z no português, que ainda confundem muita gente. Com o tempo e muita prática fica mais fácil de entender a lógica do B e V. Para ajudar, separamos algumas regrinhas importantes para se aplicar na hora de escrever em espanhol.

Uso da letra B

A letra B também é chamada de B alta ou B larga. Vamos às regras de uso:

Usa-se a letra B em palavras que começam com: abu, abo, ab, bus, bu, bur, bibl, bien, bene, ob, sub

Nesse caso o B tem uma pronúncia mais forte, similar ao português.

Exemplos:

biblioteca, butaca, abuela, biblia, benevolencia, buque, burro.

Palavras que terminam em: bundo, bunda, bilidad

Exemplos:

sensibilidad, moribunda.

Palavras derivadas do infinitivo: bir, buir

Exemplos:

percibían, escribimos, retribuir.

Após as seguintes letras: al, m, ta, tur

Exemplos:

alboroto, combustible, embate, taba, turbina.

Regras da letra V

A letra V é conhecida como V corta. Ele possui um som mais suave que o B e um bom lembrete é que os lábios mal se tocam ao pronunciar o som do V, apesar dele ser idêntico ao som do B. Vamos às regras de uso:

Adjetivos terminados em: eve, ivo, ave, avo, iva e evo

Exemplos:

suave, nuevo

Após as seguintes letras: n, b e d

Exemplos:

obvio, envuelto, advertencia

Após palavras que contenham “ol”

Exemplo:

olvido

O segredo do uso do B e V

A nossa principal dica para aprender a utilizar corretamente as regras, é melhorando o hábito da leitura em espanhol e escrevendo sempre que possível. O caminho mais rápido para o aprendizado de uma nova língua é colocar a teoria em prática constantemente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *