É necessário mudar o sotaque quando está aprendendo um idioma?

O sotaque está intimamente ligado com a identidade pessoal e social de um indivíduo, a maioria dos falantes nativos não desejam mudar seu sotaque, mas alguns podem querer, por motivos variados, como integração profissional ou para socialização.

No entanto, para um falante não-nativo, pode haver uma necessidade clara de mudar, a fim de se comunicar com mais facilidade.

accent

Vale ressaltar que, sotaque não é só pronúncia, é também a entonação. Um fator importante a ser considerado pelos falantes não-nativos, pois é pela entonação que se transmite os sentimentos e atitudes.

Não importa muito se um falante não-nativo errar no vocabulário ou gramática ou se ele tem um sotaque estrangeiro, desde que ele possa ser compreendido. Agora, se a entonação soar rude ou hostil, isso pode interferir muito, uma vez que o ouvinte pode assumir que é assim que a pessoa está se sentindo.

Portanto, o sotaque desempenha um papel muito importante na comunicação e, principalmente, pode dizer muito sobre a sua personalidade e suas intenções.. Então aqueles que optarem por treinar fórmulas de cortesia, e entonação nas aulas de idiomas poderão alcançar um melhor nível de compreensão em situações de uso real da língua estrangeira.

O que você encontrará neste post:

Falar é a melhor maneira de aprender um idioma

Praticar é a melhor forma de se aprender um idioma. Existem várias maneiras de praticar a fala em sala de aula, como por exemplo as dinâmicas. Reunir os alunos em grupos e simular reuniões de negócios, uma entrevista de emprego ou uma reunião de família. Dessa forma é possível aprender diferentes vocabulários. Na dinâmica sobre negócios, a fala será mais técnica, já na reunião familiar, o teor da conversa será mais sentimental.

globe

No espaço da sala de aula é aceitável cometer erros, por isso o aluno deve explorar essas oportunidades para praticar muito, expor suas dúvidas e perder a vergonha. A sala de aula é um laboratório especializado para os alunos testarem as suas habilidades na fala.

Vale ressaltar que, o aprendizado está diretamente ligado ao emocional, então é importante que o aluno esteja confortável na sala de aula e que esteja a vontade com os colegas durante os trabalhos. Além disso, o aluno precisa estar e ser motivador. Por exemplo, se ele está estudando um idioma para fazer intercâmbio, é interessante que os trabalhos contemplem dinâmicas relacionados a essa atividade, como simular a chegada em um aeroporto ou hotel.

Treinar a fala é uma das melhores maneiras de se aprender um idioma. Então, fale e pratique muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *