Tenho uma apresentação para fazer em inglês. Então confira estas dicas!

Palestras em inglês: principais dificuldades

É natural na vida de um profissional o crescimento na carreira, principalmente àquele que atua em médias e grandes empresas. Quem cresce sabe, conhece a sua área e, portanto, é sempre convidado a compartilhar sua experiência, seu conhecimento para um grande número de pessoas. Agora, se for preciso apresentar esse conhecimento em outro idioma. O que fazer?

Até pouco tempo, a exigência por dois idiomas – inglês e português – só era requisitada para cargos de alto escalão. No entanto, com a globalização, ter proficiência em mais de um idioma é prioridade em quase todos os cargos, e a língua inglesa é a requerida por ser língua universal.

Apesar de o assunto ser de interesse do público, se o palestrante não for persuasivo, a plateia vai pegar no sono. Para que isso não aconteça, é primordial que a palestra em inglês tenha recursos motivadores e que o palestrante ganhe a empatia do público.

Seguir o assunto e/ou tópico da palestra de inglês. É muito ruim extrapolar o assunto ou fazer devaneios durante a apresentação. O público deve saber quais serão o assunto e o objetivo da palestra de inglês para que não haja dúvidas em relação ao assunto. À medida que o palestrante desenvolve o assunto, o público passa a acompanhar sua linha de raciocínio e a interação torna-se fundamental.

3 dicas essenciais

  1. Como usar o tempo

O tempo ideal para uma palestra em inglês vai depender do assunto a ser tratado. Se os ouvintes têm interesse pelo tema é sugerido que se reserve os minutos finais para perguntas e respostas. Em relação ao tempo dos recursos audiovisuais, é possível ajustá-los ao tempo da apresentação, basta usar o recurso de intervalo do slide para registrar o tempo necessário para cada apresentação do slide. Com essa medida, a fala do palestrante e recurso audiovisual se integram perfeitamente.

  1. Uso de recursos tecnológicos

Tão bom como ser eloquente, é lançar mão de recurso que ultrapassam a fala. Isso torna a palestra de inglês agradável, além de fazer com que o público mexa um pouquinho da cadeira. A escolha de recursos audiovisuais dá um equilíbrio no texto e na voz, e as imagens tornam a fala mais dinâmica, com isso se ganha à atenção do público durante a apresentação.

  1. Ter conhecimento do assunto

Ter um resumo do que vai apresentar é importante para não se perder durante a palestra de inglês, mas ler, jamais. Por isso, estudar o assunto é regra básica. Buscar referências e estudar bem o assunto, além de ser bonito, faz com que o palestrante ganhe a confiança do público. Nessa hora, os recursos audiovisuais são perfeitos. É muito melhor do que abaixar a cabeça e ler o papel.  Nada melhor do que abrir uma palestra em inglês citando algum especialista sobre o assunto que vai tratar, ou simplesmente citar um poeta e escritor cujo texto combine com o assunto da palestra. Logo, logo o palestrante se tornará um especialista no que faz.

Como um curso preparatório pode ajudar?

A comunicação em inglês hoje é necessária e tão eficiente para os negócios. Por isso, fazer um curso preparatório é uma ótima escolha, especialmente para quem precisa do inglês avançado e almeja possibilidades no campo empresarial. Além do mais, com um curso preparatório o profissional desenvolve habilidades específicas para conversação e escrita tão necessárias ao ambiente de trabalho.

 

Deixe uma resposta